Buscar
  • Fernando Rossoni @fernando.rossoni17

Como a criança que colocava as moedas no porquinho se tornou investidor?

Quem nunca ouviu histórias que iam do “dinheiro embaixo do colchão” até a “caderneta de poupança”, ou do vizinho que morreu e encontraram escondidas milhares de notas de dinheiro sem valor. Esses são alguns dos capítulos, na história dos investidores, que antes de se tornarem investidores, eram cartesianos na arte de poupar.

Lembro de diversas vezes, escutar das mais diversas pessoas, geralmente as que tiveram sucesso nas suas vidas, que o segredo de uma vida confortável e segura era poupar, entretanto eu não entendia como isso era possível, pois no auge da adolescência, mesmo trabalhando desde muito cedo, não era exequível a pratica de poupar parte do salário, que sempre foi pouco.

Hoje é possível compreender, e colocar em pratica esse habito que é saudável e que garante a segurança financeira em tempos de pandemia, que mostrou a todos, que a cultura que as pessoas sempre disseram faz todo o sentido. Mas para que você possa colocar isso em pratica, são necessários alguns primeiros passos:


· Objetivo – defina por que você quer ou precisa investir; crie uma lista de suas metas, conquistas ou desejos, casa própria, carro, viagem dos sonhos ou faculdade, etc.;


· Planejamento – o segredo do sucesso financeiro, não está em quanto você ganha, mas sim em quanto você gasta, se você não sabe quanto gasta, não saberá quanto pode poupar, coloque na ponta do lápis todas suas despesas, fixas e variáveis (nas variáveis faça uma média aproximada dos últimos 6 meses);


· Poupe todo mês – Depois de alinhado seu objetivo e seu planejamento finalizado, é hora de começar a poupar, separe um percentual do que sobrou após o pagamento de suas despesas, e coloque na poupança, que é uma ótima opção para quem está começando, livre de imposto, fique atento a data que sua poupança faz o pagamento do rendimento, lembrando que a poupança é segura, mas a taxa de rendimento é baixa em relação a outras modalidades.


· Conheça outras opções de investimento – aproveite esse momento que seu dinheiro está seguro e aplicado, e entenda qual o seu perfil para os investimentos, que se divide a grosso modo em conservador, moderado ou arrojado, e também conheça quais as opções que o mercado oferece.


· Cautela e curiosidade – Primeira lição no mercado de investimentos é a parcimônia, a pressa é o inimigo número um dos investidores, não espere que você ficara rico com seus investimentos, pense nele como mais uma ferramenta para atingir suas metas e projeções. Ficar atento a novas oportunidades de investimento, se capacitar para operar modalidades mais dinâmicas, tentar opções mais arrojadas, sem comprometer grande parte do seu patrimônio também é uma postura que vai trazer bons resultados.


Apesar de parecer algo difícil, poupar e fundamental para o crescimento do seu patrimônio, e quando procuramos cases ou matérias que ajudem nessa jornada, sempre nos deparamos com números robustos, operações complexas, e termos difíceis de compreender, mas vou elencar aqui alguns dos maiores investidores do Brasil, mas que foram pessoas extremamente humildes lá atrás, e a resiliência e perseverança em poupar colocou eles no topo da pirâmide, são eles:


Luiz Barsi é considerado o maior investidor do Brasil com um patrimônio próximo de R$ 2 bilhões. Nascido em 1939, Barsi é filho de imigrantes espanhóis, tem origem simples e quando criança, trabalhou como engraxate para ajudar sua mãe com as despesas de casa. Iniciou sua trajetória nos investimentos na década 60 quando começou a trabalhar em uma corretora de valores.


Entretanto, apesar das dificuldades financeiras, ele investia na bolsa de valores com o que sobrava do salário. Com muito trabalho e dedicação Luiz Barsi construiu uma carreira que inspira muitos investidores e profissionais do mercado financeiro. Ele é adepto ao método Value Investing e afirma ser “amante dos períodos de crise”.


Luiz Alves Paes de Barros é considerado uma lenda viva da bolsa de valores e um dos maiores investidores do Brasil. Aos 16 anos iniciou sua trajetória nos investimentos comprando ações de um dos grandes bancos de lavradores de São Paulo, Comind. Já no ramo profissional, trabalhou no Credit Suisse Hedging-Griffo ao lado do Luis Stuhlberger, um dos grandes gestores do Brasil.

Formado em Economia, Luiz Alves, é um dos sócios-fundadores da gestora de fundos de investimento Alaska Black, junto com Henrique Bredda e Ney Miyamoto. Já na gestora, Luiz Alves ganhou destaque ao lucrar com as ações da Magazine Luiza S.A (MGLU3) com um retorno de aproximadamente 500% em 2017, por conta da valorização do papel.


Jorge Paulo Lemann é um dos homens mais ricos do Brasil com uma fortuna estimada em aproximadamente R$ 54.6 bilhões. Nascido em 1939, Lemann é carioca e filho de país suíços. Se formou em economia pela Universidade de Harvard e trabalhou em instituições financeiras como bancos e corretoras.

Em 1971, Jorge Paulo Lemann começou sua trajetória empreendedora e comprou uma corretora de valores. Nesse sentido, ele se tornou dono de grandes marcas como Brahma, Skol e fundou a GP Investimentos. Assim, Jorge Paulo Lemann é um dos fundadores da 3GP Capital que engloba empresas como Burger King, Kraft-Heinz e a AB InBev, a maior cervejaria do mundo.


Lírio Parisotto é um dos bilionários mais ricos do Brasil com uma fortuna superior a US$1,5 bilhão. Nascido em 1953 no interior do Rio Grande do Sul, Lírio Parisotto é fundador da empresa VideoLar, a primeira fabricante de videocassetes no Brasil e uma das pioneiras na produção de DVDs e Blu-ray. No mercado financeiro, o investidor já manifestou seguir os ensinamentos de Warren Buffet e aplica estratégias como buy and hold. Diferente de vários dos exemplos dos maiores investidores do Brasil, Lírio começou tudo do zero, e mudou completamente a sua realidade através dos investimentos.


Joseph Safra era a segunda pessoa mais rica do país com um patrimônio estimado em U$23,3 bilhões, ficando atrás apenas de Jorge Paulo Lemman, segundo a revista da Forbes. Nascido em 1938, Joseph Safra nasceu em Beirute no Líbano e veio para o Brasil em 1962. Descendente de uma linhagem de banqueiros, Joseph começou a trabalhar cedo no banco fundado pelo seu Pai, o Banco Safra


Assim, proprietário do Banco Safra, Joseph Safra era o banqueiro mais rico do Brasil e um dos bilionários mais ricos do mundo, além filantropo e empresário. Em 2020, Joseph Safra faleceu aos 82 anos.


Conhecer os nomes dos grandes investidores do país pode ser muito encorajador para quem está iniciando no mercado financeiro, principalmente para ter referencias de sucesso no mundo dos negócios e dos investimentos.



Referencias:

https://blog.bancointer.com.br/quero-comecar-a-investir

http://www.coachfinanceiro.com/portal/como-se-tornar-um-investidor-de-sucesso-confira-as-dicas-de-quem-entende/

https://www.euqueroinvestir.com/historias-de-investidores-de-sucesso/

https://blog.magnetis.com.br/maiores-investidores-do-brasil/


44 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo